segunda-feira, 2 de setembro de 2013

SCR - Retificador Controlado de Silício: Como Testar um SCR

Como testar um SCRComo saber se um SCR está em bom estado. Neste artigo vou apresentar, de forma resumida, dicas para verificar se um tiristor do tipo SCR está ou não funcionando. Na eletrônica, muitas vezes, reutilizamos componentes das sucatas e os procedimentos para verificar se um determinado componente está funcionando é importante. Este é o ultimo artigo da série SCR – Retificadores Controlados de Silício.





Introdução


Para testar o SCR em polarização direta, podemos aplicar à porta (G) uma tensão e observar se ele permanece no estado ligado após essa tensão ter sido removida. Como discutido anteriormente nos artigos “Como Funciona um SCR” e “Como disparar um SCR”, um SCR pode ser comparado a um diodo normal controlado pela porta (G) “gate”. Sem um sinal de comando na porta ele não conduz “dispara”. Entretanto se uma tensão adequada for aplicada a porta G, ele é disparado e passa a conduzir em uma única direção como um diodo normal. Mas como fazer o teste para saber se um SCR está funcionando?



Como Testar o SCR

 
Os SCRs de pequeno porte, com correntes baixas de sustentação, podem ser testados com um multímetro digital ou analógico de uso comum na eletrônica no modo ohmímetro. Na Figura 1 temos uma dica de montagem do circuito de teste do SCR com um ohmímetro.

Como testar um SCR, Procedimentos de testes
Figura 1 - Teste de um SCR com multímetro.

1° Passo:

Para realizar o teste corretamente desse componente devemos conectar os terminais positivo e negativo do multímetro no ânodo e no cátodo respectivamente. Esse procedimento ira polarizar o SCR diretamente. A leitura do ohmímetro deve ser muito alta, pois o tiristor está no estado desligado caso contrario ele é caracterizado como defeituoso (curto entre ânodo e cátodo).

2° Passo:

Em um segundo momento, devemos curto-circuitar a porta (G) com o ânodo (chave S1 fechada Figura 1). Isso levará o SCR para o estado ligado e a leitura do multímetro deve diminuir e manter-se baixa mesmo depois do terminal porta ter sido retirado do curto (porta-ânodo) para estar em bom estado. Se o SCR estiver ligado durante o acionamento da porta, mas passar para o estado desligado no momento em que o terminal porta for removido, sua condição será duvidosa. 

Vale ressalta que a corrente fornecida por alguns multímetros pode não ser grande o bastante para manter o SCR acima de seu nível de corrente de sustentação [1] o que causa o desligamento do componente. Durante os dois procedimentos de teste, o ânodo e cátodo devem estar conectados ao multímetro.


3° Passo:

Os mesmo procedimentos devem ser aplicados para a polarização reversa, ponta positiva e negativa ligada aos terminais cátodo e ânodo respectivamente. A leitura do ohmímetro deve ser sempre muito alta mesmo após a ligação da porta (G) a ponta de prova positiva.


Resumo dos procedimentos de teste do SCR


Um resumo dos procedimentos de teste está ilustrado na Figura 2.

Como testar um SCR, passo a passo de como testar um SCR
Figura 2 - Resumo passo a passo de como testar um SCR [2].


Exemplos práticos com SCR


Exemplos de circuitos utilizando um SCR podem ser conferidos nos links abaixo:

Conclusão 


Um procedimento simples de teste foi apresentado com o objetivo ajudar aos leitores menos experientes na eletrônica.


Referências


[1]-Eletrônica de Potência,Ashfaq Ahmed - 1° edição
[2]-Tiristor SCR Retificador Controlado de Silício, Prof. Fernando Luiz Mussoi CEFET/SC, EDIÇÃO PRELIMINAR – 1.1 FLORIANÓPOLIS – MARÇO, 2002.

6 comentários:
  1. ÓTIMA EXPLICAÇÃO, SÓ FALTOU UM DETALHEZINHO, OS VALORES DE RESISTÊNCIA QUE DEVERIAM DAR NA HORA DOS TESTES DOS SCR'S, PARA SABER SE O SCR ESTÁ BOM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mais esses valores mudam de SCR para SCR... uma boa estimativa seria realmente seguir a figura 2.

      Obrigado pela contribuição !

      Excluir
  2. Achei o teste bem prático, assim que tiver um tempinho vou fazer em alguns SCR´s que tenho aqui! Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. scr 55 como se mede e onde encontrá-los?

    ResponderExcluir
  4. A maneira de como testá-lo é explicada no post acima... Para identificar os terminais do componente basta olhar o datasheet do fabricante. Um componente similar pode ser o MCR265-10
    http://pdf.datasheetcatalog.com/datasheet/motorola/MCR265-3.pdf

    ResponderExcluir

Digite seu cometário...
(Seu comentário será visível apos a moderação)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Paginas